PROFESSORES E FORMADORES: DIÁLOGOS SOBRE O PAPEL DA DEMONSTRAÇÃO MATEMÁTICA

Emerson Rolkouski, Suellen Rodrigues de Oliveira Mazzolli

Resumo


Esse artigo tem por objetivo tecer compreensões sobre percepções do Professor de Matemática da Educação Básica e do Formador de professores de Matemática acerca das demonstrações e seu ensino. Para a realização deste estudo, elaborou-se um roteiro com questões pertinentes ao tema utilizado para entrevistar três Formadores e três Professores de Matemática. Os dados constituídos foram submetidos à Análise de Conteúdo, possibilitando a emersão de três categorias: a demonstração e o trabalho do Matemático; a demonstração e a formação e atuação do Professor de Matemática; e, a demonstração e a sala de aula de Educação Básica. Para cada uma das categorias foram construídos textos articulados à literatura pertinente apontando distanciamentos entre a formação e a atuação dos professores e a redução das funções da demonstração. Considerando-se os resultados encontrados, sugere-se caminhos para a superação da dicotomia formação/atuação que possam auxiliar no desenvolvimento do pensamento matemático na Educação Básica.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.