SOBRE CRIATIVIDADE EM AULAS DE MATEMÁTICA E TRANSDISCIPLINARIDADE: UMA PESQUISA COM ALUNOS DO MESTRADO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL E PELOTAS

Rafael Montoito, Eduardo Peter Rodrigues, Marcia Helena Guimarães Sauáia Rostas, Rozane da Siliveira Alves

Resumo


Este artigo é parte de uma dissertação de mestrado que, utilizando questionário semiaberto, investigou diversos aspectos acerca da formação continuada de professores que ensinam Matemática. A amostra desta pesquisa foi composta por professores, com distintos percursos formativos, que no momento da investigação eram alunos do Mestrado em Educação Matemática da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Neste texto, abordaremos apenas algumas das questões respondidas por eles, as quais tangem sobre como e quais espaços abrir para a criatividade nas aulas de Matemática e sobre a possibilidade de um ensino transdisciplinar. Apoiados em autores como Teresa Verganin, Ubiratan D’Ambrosio e Bruno D’Amore, analisamos as respostas obtidas, a partir das quais concluímos que os alunos do mestrado, todos eles professores em exercício, conseguem perceber a necessidade de se abrir espaços para a criatividade (deles e dos alunos) nas aulas de Matemática, e por isso desenvolvem atividades que integram outras áreas do conhecimento, através de projetos diversos, ao ensino de Matemática. Contudo, com relação à trandisciplinaridade, o conhecimento dos professores ainda é muito restrito, motivo pelo qual ela não é abordada.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.