Equivalência farmacêutica e estudo comparativo dos perfis de dissolução de medicamentos contendo cimetidina

Patrícia Bortoluzi, Luciane Varini Laporta

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo principal comparar, por meio do estudo de equivalência farmacêutica e do perfil de dissolução in vitro, quatro medicamentos similares contendo cimetidina, com o medicamento referência. As análises foram realizadas em conformidade com a monografia de cimetidina comprimidos, descrita na Farmacopeia Brasileira (2001). Os similares 1, 3 e 4 são equivalentes farmacêuticos do medicamento referência, pois foram aprovados em todos os testes a que foram submetidos. Com exceção do similar 2, todos os demais medicamentos analisados liberaram mais de 85% do fármaco, em 15 minutos, sendo que a dissolução não é um fator limitante para a absorção, não necessitando realizar os cálculos do fator de diferença e fator de semelhança. Somente o similar 2 não possui o mesmo perfil de dissolução que o medicamento referência, quando avaliados pela RE 310, fato esse que poderá interferir na intercambialidade entre esses produtos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.