A ÉTICA COMUNICATIVO-DISCURSIVA DE JÜRGEN HABERMAS

Diego Carlos Zanella

Resumo


O objetivo da análise é elaborar uma reconstrução histórico-filosófica da ética do discurso a partir dopensamento ético do filósofo alemão Jürgen Habermas, mencionando quando necessário o seu fundador,Karl-Otto Apel. Elaborar uma ética do discurso é precisamente o objetivo, que por dois caminhosdistintos, mas paralelos, perseguem, já há quase 40 anos, Apel e Habermas. Esses são representantes dachamada pragmática linguística. Sua fundamentação pretende construir e formular uma justificaçãoracional argumentativa, através de procedimentos que requerem o desenvolvimento de proposiçõesvivenciadas e consensuais. A ética do discurso é a tentativa de estruturar uma teoria da racionalidadeamparada naquilo que Apel e Habermas chamam de “razão comunicativa”, a qual não é apenas umadenúncia contra a “razão instrumental”, mas uma proposta de uma ética do “viver bem”, da “felicidade” eda “solidariedade” entre indivíduos capazes de linguagem e ação.

Referências


APEL, Karl-Otto. A transformação da filosofia I: filosofia analítica, semiótica, hermenêutica. Tradução de Paulo Astor Soethe. São Paulo: Edições Loyola, 2000. APEL, Karl-Otto. A transformação da filosofia II: o a priori da comunidade de comunicação. Tradução de Paulo Astor Soethe. São Paulo: Edições Loyola, 2000.

BOHMAN, James & REHG, William. “Jürgen Habermas”. In: ZALTA, Edward N. (ed.). The Stanford Encyclopedia of Philosophy.

(Acessado em: 22/10/2012).

HABERMAS, Jürgen. “Para o uso pragmático, ético e moral da razão prática”. Tradução de Márcio Suzuki. In: STEIN, E. & DE BONI, L. A. (orgs.). Dialética e liberdade: Festschrift em homenagem a Carlos Roberto Cirne Lima. Petrópolis: Vozes; Porto Alegre: Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1993.

HABERMAS, Jürgen. Teoría de la acción comunicativa: complementos y estúdios previos. Traducción de Manuel Jiménez Redondo. Madrid: Cátedra, 2001.

HABERMAS, Jürgen. Pensamento pós-metafísico: estudos filosóficos. Tradução de Flávio Beno Siebeneichler. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2002.

HABERMAS, Jürgen. Direito e democracia: entre facticidade e validade. Vol. I & II. Tradução de Flávio Beno Siebeneichler. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2003.

HABERMAS, Jürgen. Consciência moral e agir comunicativo. Tradução de Guido Antônio de Almeida. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 22003.

HABERMAS, Jürgen. Perfiles filosófico-políticos. Versión castellana de Manuel Jiménez Redondo. Madrid: Taurus, 2003.

HABERMAS, Jürgen. Teoría de la acción comunicativa: crítica de la razón

funcionalista. Vol. II. Versión castellana de Manuel Jiménez Redondo. Madrid: Taurus, 2003.

HABERMAS, Jürgen. Teoría de la acción comunicativa: racionalidad de la acción y racionalización social. Vol. I. Versión castellana de Manuel Jiménez Redondo. Madrid: Taurus, 2003.

MÍLOVIC, Míroslav. Filosofia da comunicação: para uma crítica da modernidade. Brasília: Plano Editora, 2002.

MORGADO, Isabel Salema. Uma ética para a política: a teoria da acção comunicativa e a questão da legitimação ético-política nas sociedades contemporâneas. Lisboa: Instituto Piaget, 2004.

NIQUET, Marcel. Teoria realista da moral: estudos preparatórios. Tradução de F. Javier Herrero e Nélio Schneider. São Leopoldo: Editora UNISINOS, 2003.

PIZZI, Jovino. O conteúdo moral do agir comunicativo. São Leopoldo: Editora UNISINOS, 2005.

RAUBER, Jaime José. O problema da universalização em ética. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1999.

TUGENDHAT, Ernest. Lições sobre ética. Tradução do grupo de doutorandos do curso de pós-graduação em Filosofia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Petrópolis: Vozes, 1996.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.

Não há custos de publicação e leitura, mas doações são bem vindas.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.