A (IM) POSSIBILIDADE DE CONHECER DEUS NO “ITINERARIUM MENTIS IN DEUM” DE SÃO BOAVENTURA

Ricardo Antonio Rodrigues

Resumo


Esse artigo versa sobre a possibilidade de conhecermos Deus,segundo o pensamento de São Boaventura (1217-1274). A partirda obra Itinerarium Mentis in Deum (1259) busca-se analisar aspossíveis consequências dessa compreensão e suas implicações.Na visão do autor a existência de Deus é indubitável. O grandedesafio para a pessoa humana é o acesso a essa realidade. Assim,ele sugere que o mundo e os demais seres criados são comoescada (sinais, vestígios, imagem) que permitem oreconhecimento do Criador. Esse entendimento de que arealidade é uma expressão do amor divino sintetiza e concilia oreino da transcendência e o reino da imanência. Essacompreensão, Sabedoria, possibilita uma nova visão sobre Deus,sobre o homem e o sobre o cosmo e, que, inevitavelmente incidenuma nova forma de ser e estar-no-mundo (Cosmovisão).

Referências


BAVARESCO, A. A teoria da coincidência dos opostos no Itinerário de Boaventura. Dissertatio. , v.11, p.105 - 123, 2000.

BERUBE, C. De la Philosophie à la sagesse dans l’itinerarium bonaventurien. Collectanea Francescana, 1968.

BITREMIEUX, J. Christus Rex. Quelques textes de saint Bonaventure. Etudes Franciscaines, 1938.

BLANCO, F.C. El Catálogo de las Obras de San Buenaventura. CARTHAGINENSIA, Revista Semestral de Estúdios y Investigación publicada por el Instituto Teológico de Murcia OFM y La Universidad de Murcia. Biannual Review Published by the Theological Institute of

Murcia OFM and The University of Murcia. Volumen XIV – Enero-Junio, número 25. Murcia: Selegráfica S.A., 1998.

BOAVENTURA, S. Obras escolhidas. Organizado por Luis Alberto de Boni; tradução de Luis Alberto De Boni, Jerônimo Jerkovic e Frei Saturnino Schneider. Porto Alegre, Escola Superior de Teologia São Lourenço de Brindes. Caxias do Sul: Sulina, 1983.

_____. CHARDIN, T. Itinerário do Cosmo ao Ômega. Petrópolis - RJ: Vozes, Coleção Sinais dos Tempos, 1968.

_____. A árvore da Vida. Braga: Editorial Franciscana, 1997.

_____. As três Vias. Braga: Editorial Franciscana, sd.

BOLLEA, L.G. Il misticismo di San Bonaventura studiato nelle sue antecedenze e nelle sue esplicazioni. Turim, 1901.

BONI, L.A. Para uma leitura do ‘Itinerarium mentis in Deum’ de S. Boaventura. Revista Portuguesa de Filosofia, v. 64, p. 437-463, 2008.

BONAFEDE, G. La Autonomía de la Investigación filosófica en el “Itinerarium mentis” de San Buenaventura, in Augustinus, 1962.

BOUGEROL, J.G. Introduction a L´Étude de Saint Bonaventure. Tournai: Descleé & Cie, Éditeurs, 1961.

_____. Dossieur Pour l´étude des repports entre Saint Bonaventure et Aristote, in Archives d´histoire Doctrinale et littéraire du moyen age, t.40, Paris, Vrin, 1974.

_____. Lexique Saint Bonaventure. Paris: Éditions Franciscaines, 1969.

GARRIDO, J. Dignidad ontológica de La persona em San Buenaventura. Revista Trimestral de Investigacion Cientifica y Alta Cultura, Publicada por PP. Franciscanos. Madrid: Gráficas Canales, 1970.

GILSON, E. San Buenaventura, Franciscano. Seleciones de Franciscanismo: Revista Catrimestral. Vol. XIV, Mayo-Agosto, num. 41, Valencia: Província Franciscana de Valencia, Aragón y Baleares, 1985.

_____. BOEHNER, P. História da Filosofia Cristã: Desde as Origens até Nicolau de Cusa. Tradução e nota introdutória de Raimundo Vier, OFM. 3ª Edição, Petrópolis, 1985.

GIRALDO E., G. El sentido de La Filosofia como Itinerarium Mentis in Deum. Franciscanum, Revista Cuatrimestral, Ano V, n. 13, Enero-Abril, Bogotá: Colômbia, 1963.

LE GOFF, J. São Francisco de Assis. Tradução de Marcos de Castro. 6ª edição. Rio de Janeiro: Editora Record, 2001.

MERINO, J. A; FRESNEDA, F.M. Manual da Filosofia Franciscana. Tradução de Celso Márcio Teixeira. Petrópolis, RJ: Vozes, 2006.

_______. La Trinidad, Paradigma de vida comunitária, em S. Buenaventura. Estúdios Trinitários. Num.1, Salamanca: Publicacion Del Secretariado Trinitario, Vol. XXX, Eneroabril, 1996.

PULIDO, M.L. La Cosmologia Bonaventuriana: Visión Franciscana...NATURALEZA Y GRACIA. Revista Cuatrimestral de Ciencias Eclesiásticas Dirigidas por los Hermanos Menores Capuchinos de La Provincia de Castilla. Vol. XLIV, Salamanca, 1997.

VALDERRAMA, C. Filosofia Ejemplarista. Franciscanum: Revista de las Ciencias Del Espiritu. Ano XVI, números 47-48, Mayo-Diciembre, Bogotá:Colômbia, 1974.

ZAMAYON, P. M. Teoria Del Conocimiento. S. Bonaventura (1274-1974). Collegio S. Bonaventura, Grottaferrata: Roma, 1973.

VEUTHEY, L. La Filosofia Cristiana di San Bonaventura. Roma: Agenzia Del Libro Cattolico, 1971.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.

Não há custos de publicação e leitura, mas doações são bem vindas.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.