A DECLARAÇÃO DE SINGAPURA E A QUESTÃO DA INTEGRIDADE ÉTICA NA PESQUISA CIENTÍFICA

Eduardo Simões

Resumo


O objetivo do presente artigo é apresentar a questão da responsabilidade ética da pesquisa científica, sob um olhar que vai além daquele que historicamente é refletido e discutido no âmbito da Filosofia, a despeito de suas variações, que trata da responsabilidade ética sob um enfoque do universal. Trata-se aqui de entender o conteúdo ético a partir de uma Declaração que traz muito mais uma visão deontológica, portanto moral, das questões inerentes à integridade em pesquisa. No limite das reflexões aqui apresentadas estão a preocupação com a questão da integridade em pesquisa, bem como com os reflexos sociais da prática científica, quando estes não se encontram respaldados pela responsabilidade ética. Espera-se que tais reflexões sejam de utilidade para aqueles que se mantêm continuamente preocupados com o fazer ciência e que, muitas vezes, sequer dão conta das implicações éticas de suas práticas.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.

Não há custos de publicação e leitura, mas doações são bem vindas.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.